O que é Raio X Digital?

O Raio-X é um dos exames de imagem mais utilizados e mais comuns em todo o mundo.

Para gerar as imagens, um feixe de raios-X é disparado e captado como numa fotografia. Nos tecidos moles, por serem menos densos, ele atravessa mais rápido, marcando o local escuro. Já os ossos e tecidos mais densos, dificultam a passagem e geram imagens mais claras.

A diferença básica do raio-X tradicional e o digital é a mesma das fotografias. No convencional ainda é necessário um filme que precisa ser revelado para gerar a imagem, enquanto no raio-X digital a imagem fica disponível no computador ao qual o aparelho está ligado.

Existem muitas vantagens do raio-X digital em relação ao convencional. No digital é possível ter uma maior nitidez e contraste, fundamentais para diferenciar as densidades dos tecidos (músculos, órgãos e ossos). As imagens digitais podem ainda ser manipuladas para destacar alguma parte e até remover uma estrutura para identificar melhor alguma lesão. A exposição à radiação é menos severa do que a radiografia convencional, deixando o exame mais seguro para o paciente e o técnico. Por último, mas não menos importante, as imagens podem chegar ao radiologista de forma mais rápida, pois ficam disponíveis imediatamente.

Como é feito o exame?

Depende. Na versão mais pedida, o paciente é posicionado em uma maca ou fica de pé, com a região a ser analisada na mira da máquina. 

Ao acionar a máquina, o conteúdo radioativo da estrutura emana partículas na direção da abertura e, por consequência, para o corpo do paciente.

Em seguida, parte dos raios é absorvida em maior ou menor quantidade, dependendo da densidade do tecido atravessado pelo feixe.

Os mais densos, como os ossos, absorvem mais radiação, enquanto os menos densos, como órgãos, capturam menos, permitindo que uma quantidade maior de raios colida com a chapa fotossensível localizada na mesa do equipamento de raio X.

Portanto, os ossos aparecem em tons claros, quase brancos, ao passo que as partes moles aparecem escuras nas imagens radiográficas.

Sendo assim, na radiografia digital, a captura dos raios-X é efetuada por placas de circuitos que possibilitam a geração de uma imagem digital.

Essa imagem é enviada para um computador, podendo, assim, ser armazenada, enviada para outros médicos e até mesmo impressa.

Para que serve este exame?

O exame procura fraturas nos ossos e também ajuda a identificar males como a pneumonia, por exemplo. Mas há outras indicações, como a avaliação de doenças agudas na região do abdômen, de inflamações a infecções, e do comprometimento do pulmão e das vias aéreas superiores. 

Entre em contato e marque esse exame tão importante, com toda segurança e cuidado que temos aqui na Casa da Esperança.

 

Não possui convênio? Confira nossa tabela especial para você! Entre em contato através do whatsapp.

Orientações Importantes

Preparo do Exame

Política de Privacidade e Termos de Uso

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando neste site, você concorda e declara estar ciente dos termos: Política de Privacidade — Termos de Uso.